Hemangioma

Dois tipos de hemangiomas são comuns na criança. Os hemangiomas capilares planos e os hemangiomas cavernosos. Esses hemangiomas costumam desaparecer até os cinco anos de idade. Quando se trata de hemangiomas pequenos, que podem ser ressecados através cirurgia, principalmente os situados na face, na genitália e aqueles que apresentam complicações como sangramentos, rupturas, infeção, mudança brusca da cor, devem ser retirados precocemente. Os hemangiomas grandes não deverão ser operados precocemente, pois costumam regredir no todo ou em parte. Muitos diminuem ficando com tamanho igual a pouco mais de 10%. O acompanhamento médico é muito importante, pois poderá surpreender uma complicação em um hemangioma que evoluía bem. A localização mais freqüente é na face. Aqueles que apresentam fios de cabelo deverão ser bem acompanhados, pois a queda destes fios pode indicar uma complicação, o mesmo a mudança brusca de sua cor ou a presença de ulceração. Quando sangram, deverão ser comprimidos com a mão ou com gelo; alguns sangram tanto que necessitam uma pequena intervenção para ligar o local sangrante.Enfim ao deparar com um hemangioma no recém-nascido a primeira medida é ouvir o seu pediatra e acompanhar mensalmente a evolução do caso.
Postar um comentário